O QUE É EXPOSIÇÃO RESULTADOS CÂMERA ESCURA PINHOLE FOTOGRAFIA PLANALTINA REFERÊNCIAS MULTIMÍDIA MEMORIAL EXPEDIENTE CONTATO

Fantasma???

A legenda original desta fotografia “O garoto na bicicleta pergunta: a câmera de fosfoto é ciência?” foi inspirada no momento de exposição do filme fotográfico. Enquanto a estudante contava os segundos para deixar a luz entrar e fixar a imagem no filme, um menino de bicicleta se aproximou e perguntou o que era o aparelho e finalizou perguntando se a câmera de fosfoto é ciência. Após a exposição, a legenda selecionada para a imagem foi “Fantasma???”.

Houve 10 variações de legendas (quase 9%) indicando a presença do fantasma como: “ ghost bicycle ” (ou fantasma de bicicleta), “Será ele o fantasma ou serei eu?”, “espectro” e “fantasmas da realidade”.

O fantasma, ou espírito (segundo palavra alemã de significado amplo), se refere à substância que se contrapõe à matéria. O espírito seria portador também de elementos da psique e da vida. Em estado mais elevado, o espírito pode ser chamado de Deus. Ainda que indique uma natureza arquetípica, a interpretação do termo necessita sua associação com outra imagem (JUNG, 2008:205-211).

Em várias religiões e cultos, há a crença de que o espírito vaga para fora do corpo em momentos de inconsciência, como durante o sono. Também há a crença de que o fantasma permanece perto do corpo depois da morte da pessoa (Microsfot Encarta [CD ROM], 1996).

No caso da foto em questão, a associação com um fantasma é evidente, devido ao rastro que a passagem do menino deixou. Afinal, como o garoto não permaneceu na mesma posição durante todo o tempo de exposição do filme, a sua imagem aparece transparente e pouco concreta. Assim, há 11 legendas (9,5%) que mencionam a sombra ou vulto do menino, como: “Estou aqui de passagem!”, “sombras dinâmicas” e “o invisível da praça”.

Como há a menção à ciência na legenda original, também houve recorrência de textos associados à curiosidade do garoto e à prática científica. São 12 textos (10,5%) com estas palavras, como por exemplo: “E eu também pergunto: é ciência???”, “A ciência é bela também” e “curiosidade”.

Cabe ressaltar ainda uma das legendas que se destacou pelo humor e também pela mistura de sentidos que evoca, invertendo o papel do garoto na praça. O texto é: “Floresce um menino nos pés das plantas”.